Mercadão de São Paulo

Alô galera de São Paulo! Já visitaram o Mercadão? Palco de inúmeras interações, visitas, e turismo todos os dias, o ponto turístico da capital é um belo passeio para quem quer conhecer novos sabores, experimentar um pastel beeem recheado ou um pão com mortadela de comer rezando.

Na época da faculdade fizemos um blog para falar sobre ele. Na verdade o projeto buscava contar histórias do Mercadão que nem sempre paramos para prestar atenção. Foi bem bacana e o blog ainda está no ar, é o Mercado de Lembranças. Achei bacana deixarmos no ar para quem quisesse conhecer algumas histórias. Porque história é história, e mesmo sendo antiga, tem seu valor, né?

Para conhecer esse ponto turístico com calma é legal ir com tempo. Ele fica aberto todos os dias, mas aos domingos muitos boxes estão fechados porque o movimento é menor. Mas isso não deixa de ser uma certa vantagem, apesar da variedade de lojistas diminuir consideravelmente, é legal porque dá para ver os produtos com calma, descobrir cada cheiro e cada sabor diferente. Já aos sábados é aquela loucura. Aliás, o caos da 25 de março (o Mercadão fica nessa região) se transfere lá para dentro também. É legal porque o cenário muda, turistas, clientes e lojistas se únem em meio à muvuca e trocam experiências e compram/vendem produtos.

Lá é legal para:

  • Conhecer e comprar temperos usuais e exóticos
  • Conhecer e comprar petiscos, tira-gostos etc (azeitonas, alhos temperados, cogumelos e muito mais!)
  • Conhecer e comprar peixes (tem uns giganteeeescos, sei que há restaurantes que são abastecidos pelo Mercadão)
  • Comprar vinhos (tem alguns boxes que se dedicam à isso)
  • Comer pastel (tem váááários, com vários recheios diferentes. Os pasteis são grandes e muito bem recheados)
  • Comer lanches (o mais famoso é o sanduíche de mortadela)
  • E muito mais! (para quem estiver turistando em São Paulo, tem uma lojinha com vários souvenirs da cidade. Tem também um box de ‘semi-joias’ com produtos naturais.

Enfim, esses são alguns dos itens que me lembro. Dá para explorar muito mais e conhecer esse antigo companheiro do centro da cidade.

Como chegar no Mercadão

  • Carro – como sempre, ir de carro para o centro da cidade requer prática e habilidade. Há vários estacionamentos na região da 25 de março e os preços variam consideralvemente, então fique atento. Há lugares que cobram por diária, período e outros por horas. O Mercadão tem estacionamento, mas é quase uma missão impossível parar ali. As vagas funcionam no esquema da zona azul, mas são tão disputadas que sinceramente acho difícil conseguir uma vaga (a não ser que seja de domingo, de domingo é de boa parar).
  • Transporte Público – é bem fácil. De ônibus é só procurar alguma linha que vá para o Terminal Parque Dom Pedro II. É quase do lado, bem perto. De metrô, se eu não me engano a estação mais próxima é a São Bento (linha azul). Também é possível descer na Estação Dom Pedro (vermelha), mas não é tão perto, tem que caminhar um pouquinho.

Anúncios

2 comentários sobre “Mercadão de São Paulo

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s