Cuidado no preparo dos alimentos

ceia1Pessoal, o Natal está aí e a variedade de comida na ceia já é uma marca registrada das famílias brasileiras. Tem para todos os gostos. Diversos tipos de carne, salgados e doces.  E com a quantidade de comida que é feita, é impossível não sobrar para o dia seguinte. Por isso, resolvi deixar aqui algumas dicas sobre o preparo e acondicionamento dos alimentos para que ninguém sofra com uma intoxicação alimentar.

As informações são do site do Ministério da Saúde, que diz que este problema ocorre quando uma pessoa ingere alimentos contaminados por certas bactérias. O aumento da temperatura cria condições favoráveis para a multiplicação das bactérias.

Para evitar a intoxicação, seguem algumas dicas:

– Lave sempre as mãos antes de preparar os alimentos;

– Mantenha a temperatura do refrigerador abaixo de 4º centígrados;

– Mantenha peixes, carnes, ovos e laticínios na geladeira até o momento de prepará-los. Alimentos fora do refrigerador, nos períodos de verão, têm o risco de apresentarem o crescimento da bactéria Salmonella, causadora de infecções gastrointestinais;

– Alimentos que sobram de uma refeição devem ser congelados imediatamente, para consumo posterior, ou jogados fora;

– Crustáceos devem ser bem cozidos – podem conter, por exemplo, vírus causadores da hepatite, ou bactérias causadoras de intoxicação alimentar;

– Cuidados ao servir os alimentos: não aguarde mais de 2 horas para servir o alimento. Nos restaurantes, os alimentos frios devem ser colocados no gelo, a temperaturas próximas de 0º, e os pratos quentes devem ser mantidos aquecidos acima de 60º;

– Não deixe alimentos congelados degelarem por si – bactérias podem crescer na sua superfície externa. Sempre é mais seguro degelar o alimento no forno de microondas ou colocá-lo sob água corrente;

– Utensílios usados devem ser lavados cuidadosamente antes de receberem novas porções, mesmo que seja do mesmo alimento;

– Cuidado com a água que você consome – na dúvida, beba apenas água mineral;

– Alimentos comprados de ambulantes ou de barracas de praia são sempre arriscados, principalmente quando não se pode precisar as condições de higiene de seu preparo. Além disso, vendedores ambulantes de praia, com alimentos dentro de cestos expostos ao calor, correm o risco de estarem vendendo um alimento que se deteriorou pelo tempo de exposição fora da geladeira;

– Lave em água corrente verduras e frutas;

– Certifique-se de que os alimentos estão sendo cozidos da maneira correta;

– Se você tiver um ferimento nas mãos ou nos braços, antes de manusear os alimentos, proteja o machucado com esparadrapo e use luvas de borracha.
Bom, é isso aí galera….Não misturem muito, cuidem bem dos alimentos que vão comer e Feliz Natal!!!!!
Até a próxima!

(imagens do pinterest)

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s